Sindicato dos Trabalhaores nas Ind�strias Pl�sticas Descart�veis e Flex�veis, Qu�micas e Farmac�uticas de Crici�ma e Regi�o

Crici�ma, 13 de Abril de 2024

P�gina inicial

Histria

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indstrias Plsticas, Qumicas e Farmacuticas de Cricima e Regio foi oficialmente fundado em 5 de junho de 1983. Sua histria, no entanto, remonta a 12 de setembro de 1982, quando um grupo de trabalhadores do setor se reuniu nas dependncias do Centro Social Urbano do Bairro Prspera, em Cricima.

Como exigia a legislao poca, trabalhadores das indstrias plsticas de Cricima e Urussanga, que concentrava as indstrias do setor, se reuniram e fundaram inicialmente a Associao dos Trabalhadores nas Indstrias de Material Plstico de Cricima e Urussanga.

Na mesma oportunidade foram aprovados os Estatutos e eleita a diretoria provisria da entidade, com mandato de transio, at que a identidade sindical fosse conquistada. O primeiro presidente da associao foi Jos Natalcio Vieira.

A primeira diretoria era composta, ainda, por Romrio Antnio Maurcio, Joel Bittencourt, Honrio Domingos, Oscar Pereira, Paulino Nascimento, Valdir Mariano, Jos Arseno Neto, Bruno Goulart e Francisco Carlos da Silva.

A Associao dos Trabalhadores nas Indstrias de Material Plstico de Cricima e Urussanga cumpriu integralmente sua funo, desenvolvendo vrias atividades sociais que aglutinaram a categoria. A aprovao das atividades da entidade se refletiu na assemblia realizada no dia 5 de junho de 1983.

Naquela oportunidade, 218 associados aprovaram a transformao da Associao em Sindicato dos Trabalhadores nas Indstrias de Materiais Plsticos de Cricima, com aprovao dos estatutos e eleio da diretoria, que manteve a base da diretoria da associao, inclusive com Jos Natalcio Vieira na presidncia.

A nova representao sindical da regio foi reconhecida oficialmente pelo Ministrio do Trabalho em 20 de maro de 1984 com a Carta Sindical recebendo o registro MTB 316.645/83 e apostilamento em 19 de agosto de 1986 e 30 de julho de 1987, representando a categoria dos empregados de acordo com as atividades especficas no plano de enquadramento da Confederao Nacional dos Trabalhadores nas Indstrias (CNTI), cumprindo o artigo 522 da Consolidao das Leis do Trabalho(CLT).

Em 5 de abril de 1994 em assemblia geral a entidade ampliou sua representao e ratificou sua base territorial, alterando sua razo social, que passou a ser Sindicato dos Trabalhadores nas Indstrias Plsticas, Qumicas e Farmacuticas de Cricima e Regio, atendendo categorias que no tinham proteo sindical na regio.

Atualmente o sindicato tem base territorial em 29 municpios das regies Carbonfera, Lagunar e do Extremo Sul Catarinense, contando com mais de 11 mil trabalhadores. Deste total, aproximadamente dois mil so associados..

A entidade continua a manter sua relao social com os trabalhadores do setor, uma tradio desde a fundao como associao. So oferecidos como benefcios assistncia mdica e odontolgica gratuita, assistncia nas rescises contratuais, assistncia jurdica, entre outros benefcios.

O Sindicato tem sede prpria no centro de Cricima e possui uma sede recreativa em Siderpolis, com piscina, campo de futebol iluminado, lago e pomar, entre outros atrativos, para atender os trabalhadores representados.