Sindicato dos Trabalhaores nas Indústrias Plásticas Descartáveis e Flexíveis, Químicas e Farmacêuticas de Criciúma e Região

Criciúma, 25 de Fevereiro de 2021

Página inicial

NOTÍCIAS

Chapa Experiência, Resistência e Renovação tem aprovação de 96,7% dos associados

31 Julho, 2020

Alterar o tamanho da letra: A- A+

Clique para ver a galeria de fotos Com aprovação de 96,7% dos associados que votaram, a chapa "Experiência, Resistência e Renovação" foi eleita para comandar o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Plásticas, Químicas e Farmacêuticas de Criciúma e Região, em votação aberta na quarta-feira (29) e encerrada nesta quinta-feira (30). A posse para o novo mandato é em 4 de setembro.

Única inscrita, liderada pelo atual presidente, Carlos de Cordes, o Dé, à chapa recebeu um atestado de confiança da categoria, em um dos mais graves momentos da história da classe trabalhadora brasileira, segundo ele. Na votação foram registrados somente 3% de votos em branco e 0,26% de voto nulo.

“Nos últimos três anos, os trabalhadores só acumulam derrotas, retiradas de direitos e um índice altíssimo de desemprego, que só beneficia a classe patronal; os trabalhadores empregados se sujeitam a uma submissão que beira o trabalho escravo”, disse o presidente reeleito, prevendo tempos ainda mais difíceis no mundo do trabalho nacional.

Diante do quadro de dificuldades, Dé vê ampliado o desafio da diretoria do Sindicato. “Temos uma renovação de mais de 40% na nossa diretoria e estes novos dirigentes serão decisivos para repor energias e fortalecer a luta da nossa categoria”, acrescentou. Um dos principais desafios, enfatiza, é reverter o que chama de “demonização” à imagem dos sindicatos.

“O grande capital, os patrões e a imprensa, ao longo dos anos demonizaram os sindicatos e os movimentos sociais; os trabalhadores foram enganados a ponto de fazer opções completamente antagônicas aos seus próprios interesses; mas, este quadro será revertido, com a conscientização deste mesmos trabalhadores e o troco será dado”, prevê.

Apesar de todas as dificuldades, de Cordes ressalta que o processo eleitoral, coordenado por representantes da Federação dos Trabalhadores na Indústria do Estado de Santa Catarina (Fetiesc) foi democrático, transparente e cumpriu todos os requisitos legais. “Só temos a agradecer os companheiros da Fetiesc e os trabalhadores que votaram e aprovaram nossa chapa”, finalizou.

Mais notícias...
23 Julho, 2018
Trabalhadores da Guará não trabalharão mais aos sábados
28 Maio, 2018
Edital de Convocação dos Trabalhadores da Anjo Química para discussão relativa a jornada de trabalho e do PLR (Participação dos Lucros e Resultados).
08 Maio, 2018
Sem patrões na mesa de negociações, diretoria do Sindicato se retira
28 Março, 2018
Diretoria do Sindicato apresenta questionamentos sobre acidente fatal em Orleans
27 Março, 2018
Químicos querem 3% de aumento real e proteção contra reforma trabalhista
16 Março, 2018
Cristalcopo não promove demissões em massa
12 Março, 2018
Diretoria do Sindicato se solidariza com trabalhadores e diretoria da Cristalcopo
03 Março, 2018
Assembleias definem pelo pagamento da contribuição sindical em março
Anterior 1  2  3 4 5  6  Próximo